dicas slackline, saúde e lazer

4 dicas de exercícios de equilíbrio

Antes de nós falarmos dos exercícios em si, é muito importante entender que o equilíbrio está muito relacionado com o nosso centro de massa, nosso centro de gravidade, com a nossa base de suporte.

Então a partir daí, vai ficar fácil de entender que a partir do momento que eu aumento, que eu amplio a base de suporte, o indivíduo ele fica mais estável!

Ou seja, é menos desafiador pra ele!

E da mesma forma, quanto mais perto do centro de massa está da nossa base, também o equilíbrio é melhor, ou seja, é mais fácil!

Então a partir daí, eu vou falar de quatro formas de progredir os exercícios de equilíbrio!

E a primeira delas é : alterar a base de suporte

Então existe uma progressão muito simples de entender A posição mais fácil,é a posição bipodal,
então com os pés afastados.

A próxima posição que é um pouco mais desafiadora

É a posição de Romberg, então eu juntos os dois pés Passando para a posição de Tandem, então o pé vai à frente do outro Ou Tandem Sensibilizado, que deixa o pé da frente um pouco mais aberto, para ficar um pouco mais fácil!

E a posição mais difícil, é aquela que eu diminuo muito à base de suporte, que é à posição unipodal Então se o exercício do seu paciente está fácil na posição de Tandem Como que eu evoluo?

Pra unipodal! Da mesma forma se a posição de Tandem está muito difícil, eu volto pro bipodal. Tudo bem?

É uma forma de progressão!

E a segunda dica para realizar exercícios: está na superfície

Se é uma superfície estável, por exemplo, chão é muito mais fácil do que uma superfície instável, nós temos níveis de instabilidade.

Por exemplo, se utiliza uma espuma, é uma superfície instável que já vai ser mais difícil do que o chão, tudo bem? Porém ,se eu quero dificultar ainda mais, eu posso utilizar por exemplo, de um disco proprioceptivo
que daí ele é muito mais instável

Então paciente vai precisar utilizar mais estratégias de equilíbrio para se manter na posição em cima desse disco Então essa é a segunda dica que eu te dou!

E a terceira forma de progredir os exercícios de equilíbrio, está relacionado com : os movimentos.

Por exemplo, lembra que eu falei que a relação do centro de massa com a base Também pode dificultar ou facilitar o exercício? Então é só uma dica !

Eu posso utilizar por exemplo exercícios de flexão/extensão de tronco Então leva o centro de massa
para perto da base e depois eu afasto.

Então, isso exige muitas estratégias de equilíbrio para realizar esse movimento, além de ser algo muito desafiador porque eu estou mexendo no centro de massa!

Mas eu possa associar também com o movimento de rotação de tronco, movimento de membro superior, de uma forma geral, tudo isso vai gerar uma certa instabilidade, que é isso que nós precisamos gerar no paciente, para que no dia a dia quando estiver andando, precisa fazer alguma coisa com os braços, por exemplo ele não se desequilibrar.

Então é uma forma de progredir!

E a quarta e última dica é uma meio óbvia mas você pode utilizar : os exercícios com os olhos abertos e com os olhos fechados!

Porque a partir do momento que eu tiro o recurso visual, obviamente fica mais difícil mas o paciente tem que utilizar estratégias mais sensoriais, mais proprioceptivas, para ajustar o seu equilíbrio.

Então uma forma de progredir, você está na posição por exemplo de Tandem, você pode pedir para o paciente fechar os olhos que isso é importante também para melhorar a percepção dele Além desse estímulo de equilíbrio!

Eu espero que essas dicas tenham te ajudado, que você aplique no dia a dia Escreve nos comentários: você já utiliza essas formas de progressão? Você tem mais alguma sugestão que eu não falei aqui? Quem sabe nós podemos até fazer um outro vídeo, tá bom? Fica com Deus.

Até a próxima!

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui

Posts Relacionados