Jaan Roose é da Estônia tem 19 anos e é o atual Campeão do concurso “King of Slackline 2011”, promovido pela empresa Gibbon Slackline. Concurso que, por ser realizado em ambiente virtual, permitiu a participação de atletas de diversas nacionalidades.
Em a cada etapa da disputa aumentava-se o nivel de dificuldade das manobras à serem executadas pelos candidatos e após serem concluídas doze etapas da competição,    restaram apenas os atletas atletas: JaanRoose  e o brasileiro Carlos Neto que surpreendeu a todos com sua participação.
No “Round Final”, após muita luta e expectativa, Jaan Roose levou a melhor em cima do brasileiro por ter realizado algumas manobras que Carlos Neto não demonstrou em vídeo.A Orangotango Slackline foi atrás do novo Campeão e em uma pequena entrevista tentou conhecer um pouco mais sobre a vida e a intensidade dos treinos do atleta.

 Orangotango: Jaan Roose, como você conheceu o Slackline?

 Jaan Roose: A primeira vez que eu vi o vídeo no Youtube ISPO 2010,  foi em abril do próprio ano. Fiquei muito interessado e, os meus desejos seguintes foram: “Eu quero essa fita”. Depois, em maio de 2010, teve um evento de Parkour aqui na Estônia e a distribuidora oficial da Gibbon Slackline estava lá e nos apresentou o Slackline. Foi uma experiência inesquecível. Eu aprendi a andar sobre a fita dentro de algumas horas. No final do dia eu e mais um  amigo, quase conseguimos completar um backflip. Por isso, fomos premiados com uma Jibline

Orango: Quais atletas mais lhe inspiram no slackline?
Jaan: Ryan Doyle e Edison Miranda.
Orango:  Você treina todos os dias?
Jaan: Não mais. Eu já treinei muito! No verão eu treinava quase todos os dias. Mas agora eu não tenho tempo livre suficiente para o slackline, porque eu estou estudando na universidade. Agora eu consigo treinar uma ou duas vezes por semana.
Orango: O que você acha do atleta Carlos Neto, (Brasil) que participou com você do “Round Final” e também acha que ele seria um bom competidor no o Word Cup 2012 com você?
Jaan: Eu não sei quanto tempo Carlos pratica o slackline. Ele foi uma surpresa para mim! Eu não esperava que ele fosse chegar tão longe no KoS’11. Eu acho que ele é realmente um atleta talentoso e seria um bom competidor no “WorldCup 2012”, pois tem perfeição em algumas manobras difíceis.
Orango: Você enfrentou algum obstáculo ao começar a praticar?
Jaan: No início, não.  Antes eu já fazia Parkour e Freerunning e isso me ajudou muito no início com o slackline. Agora, eu tenho os verdadeiros obstáculos: a cada dia surgem novas manobras com um nível muito alto de dificuldade e, por serem perigosas, as chances de lesões são muito grandes.
Orango:Você já ganhou alguma competição antes?
Jaan: No ano passado eu fiquei em 2º Lugar no Gibbon Outdoor’11 e em 2º Lugar no King of Slackline 2010.Orango: Quais os benefícios que o Slackline lhe trás?

Jaan: O slackline é um treinamento muito bom para o corpo, e com um equilíbrio impressionante, além da oportunidade de fazer novos amigos ao redor do mundo. Enfim, o Slackline mudou a minha vida!
Orango: Que mensagem você deixaria para os atletas brasileiros?
Jaan: Estou com ciúmes, porque vocês têm um ambiente incrível para o treinamento. Um lugar quente e ensolarado, que permite praticar durante o ano todo. Eu vejo que o slackline ainda vai ser muito popular no Brasil, e isso é bom. Desejo-lhes muita determinação e perseverança, pois tudo é possível. Espero encontrá-los no futuro, e conhecer esse maravilhoso centro de treinamento que são as praias e praças brasileiras. Um feliz 2012 e muito Slackline para vocês!

*Entrevista feita por Felipe Lechitz

Viva Slack \o/ sua vida em equilíbrio!

One thought on “Entrevista com o campeão internacional Jaan Roose

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: